quinta-feira, 17 de julho de 2014

O Desejo e o Medo


                                               

 Uma vez escrevi sobre esse mesmo tema, de como a mente humana é como um gênio da lâmpada, sempre disposta a realizar nossos desejos e sobre o medo. Mas vamos falar um pouco mais sobre eles:

 O que desejamos e porque desejamos ?

Normalmente nossos desejos vêm de nossas carências, de faltas que sentimos, sejam elas financeiras ou sentimentais. E eles podem ser conscientes ou inconscientes, ou seja, sentimos a tensão para buscarmos o que nos falta, muitas vezes sem sabermos o que nos impele para esse desejo. O desejo é a mola mestra desse mundo.

Pensando desse modo, um ser que não tivesse desejo, não teria carências, logo seria completo, se bastaria a si mesmo. Seria como um ser muito evoluído em estado de nirvana.

Mas, para nós mortais, o desejo faz parte da nossa vida. Todo momento sentimos um desejo e tentamos realizá-lo. Quando depende da gente para a realização, tudo ótimo. E quando depende de outros fatores que estão fora do meu controle?

A mente humana é co-criadora da realidade. Ela esta disposta a realizar nossos desejos o tempo todo. O problema aparece quando a energia que dá força ao desejo para realiza-lo é o medo.
O medo é uma das maiores forças que temos em nosso corpo. Com ele o foco não fica somente no prazer que daria à realização do desejo, mas no desprazer e na dor se ele não acontecer. E isso lança adrenalina no corpo disparando todo um mecanismo de ataque ou fuga para evitar esse desprazer.

A adrenalina é viciante. Com o tempo, a pessoa com medo de que algo não aconteça como desejaria, pode começar a viciar no desprazer e aqui pode ser a origem de uma das causas da autossabotagem.  Ou o medo da dor toma uma proporção que pode começar um comportamento de fugir daquilo que deseja, que pode gerar uma ansiedade, que vai aumentar quando mais próximo da realização do desejo eu estiver.

 Segredos para diminuir esse ciclo?  Autoconhecimento,  uma Autoestima forte, focar mais na realidade que nas ilusões, perceber o que são as  ilusões e técnicas para lidar com as autossabotagem.

Assim, creio, podemos nos tornar criadores de realidades mais otimistas  e produtivas.

Meu convite: Vamos ser pessoas melhores para nós mesmos?

Djalma Lobo Jr
Psicólogo e Parapsicólogo    

domingo, 20 de novembro de 2011

"UMA VISÃO HOLÍSTICA DO SER" Mente - Coração - Corpo




Olá Amigo(a)!

Estamos te convidando para participar de um encontro de transformação pessoal chamado:

"UMA VISÃO HOLÍSTICA DO SER"

Mente - Coração - Corpo

O objetivo é oferecer aos participantes um local onde ele possa trabalhar sua mente e seu corpo de forma a entender melhor os processos que lhe acometem e propiciando uma mudança na sua forma de ver e estar no mundo, além de propiciar instrumentos para uma melhor administração dos seus processos mentais, visando:

Diminuição da ansiedade e tensões.

Diminuição de problemas psicossomáticos.

Diminuição dos medos

Compreensão do funcionamento mental

Compreensão dos processos de sofrimento.

Ampliação do conhecimento da mente.

Retorno a paz interior.

Trocas e interações grupais.

Facilitadores: Djalma Lobo Jr e Marinaldo Viana

Data: 06/12/2011

Local: Rua Padre Anchieta 1691- Sala 1901

Horário: 19:00 às 22:00h

Investimento : R$ 90,00

Para mais informações, pelo e-mail ou telefones: 041 – 9181-0404 ou 041-9614-2468

djalmalobojr@hotmail.com ou

vianaeducacaofisica@gmail.com


Abraços,

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A Mente como projetor



A Mente é um projetor de realidades. Nosso mundo é criado a partir desse projetor de imagens internas. Todas as coisas boas e más, assim como as pessoas que habitam, tem uma fonte de dentro pra fora e não o contrário. Por isso se diz que a gente cria tudo !

Assim crio amigos, inimigos, fatos, interpretações, alegrias e sofrimentos. Cada vez mais vejo a marca dessa minha criação, pois tudo o que penso sobre o mundo tem muito de mim !

A pouco descobri que uma coisa que julgava certa em minha vida, uma "verdade" não era senão interpretações errôneas da minha mente.. Esta descoberta muda muita coisa em mim. Porque criei uma historia que não existiu e justifiquei sofrimentos em cima disso?

Parece aquelas imagens que a gente guarda quando criança, porque contaram uma historia a nosso respeito e acreditamos que era assim, e, por isso mesmo, fica uma falsa lembrança. Engraçado que, quando descobri que minha lembrança não tinha existido, mudou muita coisa em minha vida!


Resolvi: Quero ser o diretor do meu filme! Ou melhor, quero ser o roteirista!! hehe

Minha vida tem sido cada vez mais buscar quem projeta e o porquê projeta, por isso talvez desde cedo me aventurei em ser psicólogo, parapsicólogo, astrólogo e tantas outras coisas..

quinta-feira, 14 de julho de 2011

Criações da Mente

Às vezes, sinto uma imensa vontade de mudar minha vida . De sumir, de criar outra identidade, começar de novo. Mas isso é estranho pra mim, porque tenho exatamente a vida que queria ter ou que sonhei de certa forma. Mudaria uma ou outra coisinha, mas no centro, é exatamente o que eu gostaria que fosse.

Quando penso nisso, vejo com certo receio a capacidade da mente de materializar exatamente o que queremos. Receio, porque de certa forma isso exige responsabilidade nessa co-criação da vida. Pois até as situações que não considero legais, também existiam em mim.

Acredito que a mente é como um gênio da lâmpada de Aladim, sempre disposto a realizar nossos desejos. Mas ao invés de três, temos inúmeros desejos a serem realizados. Mas para concretizá-los precisamos de foco e sentimento.

O foco é para direcionar a força do pensamento e o sentimento para que o mesmo possa se materializar em nosso universo tridimensional. A fé é o sentimento mais forte que temos, é a certeza absoluta, sem nenhuma duvida! Esse é o grande construtor dos sonhos, o grande materializador de tudo!

O medo é a fé no ruim. É a certeza que na verdade não merecemos aquilo que sonhamos, ou o que é pior, a certeza que o ruim vai acontecer: que vamos sofrer ficar só, em ruína, isolados, invejados, abandonados e todo rosário de coisas ruins que acreditamos que vai acontecer. Demos até um nome pra isso: Preocupação! Um medo travestido em cuidado! Um foco no pior.

A maior diferença entre sortudos e azarados e a crença de cada um! É claro que o azarado assumido vai “atrair” mais azar. Sua mente vai ficar focada mais nisso que nas coisas boas que acontecem na sua vida. O que se diz com sorte vai sempre enxergar a rosa e seu perfume, o que se diz azarado verá somente o espinho e a dor.

Continuo pensando em como seria dar um pontapé nessa vida e criar outra diferente. Mas sinto que sentiria falta dessa, que apesar de faltar algo, sei que é mais por falta de foco e não porque as coisas estão erradas. Quer saber ..? Fico com essa mesma e me reinvento de vez em quando, hehe.

quarta-feira, 22 de junho de 2011

A vida" normal" !

O nosso mundo cresce e desenvolve por aqueles que são diferentes! Eles criam as situações necessárias para o salto. Nosso talento não esta em copiarmos padrões e sim acreditamos que aquilo que somos é bom e verdadeiro pra nós mesmos! No consultório, trabalho com o sofrimento e ele quase sempre é o mesmo. A infelicidade de achar que se é diferente. Sofrem as solteiras por não terem casamentos, sofrem as casadas por não viverem contos de fada, sofrem os homens por não serem suficientemente másculos ou não terem mulheres aos seus pés, sofrem os ciumentos por acharem que qualquer um pode dar para a pessoa amada aquilo que eles não podem; sofrem os adolescentes tentando ser diferentes para serem aceitos por seus iguais, os gordos por não serem magros, os magros por saber que magreza e felicidade não andam necessariamente juntas e assim por diante. E todos no fundo querendo se enquadrar naquilo que é considerado a vida "normal". Para não enlouquecermos, atuamos ! Vivemos personagens que pensamos que são reais, vivemos enredos criados .. dê uma olhada a sua volta.. observe a sua volta ..e verás peças inteiras, grandes teatros sendo realizados a cada momento, clássicos reeditados em vidas próximas..
O despertar está em descobrirmos quem nós somos! Deixar de ser personagem para ser diretor da peça, aquele quem conduz ! Para isso, devemos ver, sem julgar, os muitos papéis que vivemos, que energia eles produzem e sentir qual deles sinceramente leva a paz! E ai batalhar para essa construção ! É árduo, difícil, mas um lindo caminho de construção de uma vida com mais autenticidades!

segunda-feira, 6 de junho de 2011

Oficina de Autoestima - Curitiba




Click na Imagem para amplia-la !

A AUTOESTIMA não é somente gostar de si mesmo, mas sim de valorizar sua vida em todos os aspectos e buscar o melhor para si !

Isso parece óbvio, mas o que vemos são inúmeras pessoas vivendo situações que não gostariam porém não sabem ou tem medo de fazer as mudanças necessárias.

O que impede de buscarmos o melhor para nós mesmos? Parece que existe uma força contraria ao desejo de felicidade, uma força que faz com que determinadas situações se repitam na vida ou que cria sentimentos negativos que apesar de serem ruins, se fazem presentes na maior parte do tempo.

A AUTOESTIMA é o sistema imunológico da mente ! Uma boa AUTOESTIMA ajuda e muito para que não adoeçamos seja da alma seja do físico.

Você é o único dono do seu destino ! É hora de assumir as rédeas da sua vida e um passo importante é a AUTOESTIMA.






quinta-feira, 2 de junho de 2011

Sobre o sofrimento

Existe um grande diferença entre dor e sofrimento. Dor é algo que acontece com você em algum momento da vida. Uma perda, uma contrariedade, um sonho não realizado, etc.. Sofrimento é quando você pega essa dor e alonga ela como um chiclete durante da sua vida . A Dor é inevitável, faz parte da vida. Já o sofrimento, não !

Raramente sofremos pela realidade ! Normalmente sofremos pelo passado ou pelo futuro. Culpa e raiva do passado ou medo do futuro. Deixe sua mente ficar no presente, onde nós estamos bem a maior parte do tempo. pense.. o que esta acontecendo comigo agora? Neste exato momento, o que me faz sofre? Deve ser algo do passado ou do futuro. O passado ja passou e o futuro é probabilidade.. Sofremos à toa !

E porque sofremos..? Na verdade , somos viciados em sofrer ! Isso vem de varias vertentes: Do pensamento religioso cristão que glorificou o sofrimento e trouxe um sofrimento como redenção, expiação dos pecados, como limpeza de algo que a gente fez de errado.. Vem tambem de criação, do sofrimento que vemos dos nossos pais ou da nossa familia e de certa forma fica introjetada em nós.. Vem da nossa sociedade que valoriza o sofrimento ou as coisas adquiridas com sofrimento em detrimento das adquiridas sem dificuldade.(... do suor de teu rosto comerás o teu pão até que retornes à terra..genesis 3:19).. vem tambem do ganho sofrimento.. ele pode justificar tudo: agressividade, manipulação, irritabilidade, tudo..

O sofrimento tambem vem de um pensamento infantil que o universo vive premiando os bons e punindo os maus.. ai se algo não dá certo, ou alguma fantasia não se realiza, nos consideramos maus sem saber direito o que fazemos para "merecer" que nosso sonho não se realize, e por consequência sofremos com isso!

Aprendemos mais com dor e com o sofrimento que com o prazer e a alegria. Podemos crescer, corrigir eventuais falhas , redirecionar nossa vida, tornarmos mais mansos, menos ego, mais tolerantes em virtude de passamos por dores na vida. Ele nos deixa mais compreensivos !
E sabe de uma coisa.. a partir do momento que você para de fugir do sofrimento e descobre a luz e a sabedoria atras dessa dor....tcham tcham tcham.. ele deixa de ser sofrimento !!